[Refeitório] Aqueles que a nós vieram. pt II

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Re: [Refeitório] Aqueles que a nós vieram. pt II

Mensagem por Kyros A. Weisen em Dom Dez 09, 2018 11:20 am

As consquências chegaram.
O último romano


Seria errado dizer que não senti remorso, arrependimento e raiva de mim mesmo assim que ela mencionou os Senhores do Tempo e minha brilhante informação vazada. Eu teria me batido na testa, mas não era hora pra isso. Respirei fundo, a merda já estava feita e era hora de lidar com as consequências. Eu podia ser um Senhor do Tempo, mas isso não significava que poderia apagar meus erros simplesmente desejando voltar no tempo.

— As vezes é preciso olhar de longe para enxergar o que está perto - Ela disse, antes do corpo de Sophie cair morto e enfim pudéssemos nos movimentar novamente. Rafael já estava avaliando o corpo de Sophie, por isso decidi ir até o cadáver de Cole. Me abaixei ao lado dele e tentei procurar por qualquer particularidade, afinal de contas, porque Cole? Procurei em seu corpo qualquer coisa que pudesse indicar que estivesse envolvido com aquilo, embora duvidasse que eu fosse achar algo.

“Pense direito.” Me repreendi. Cole tinha um cargo de confiança, parecia ser respeitado e havia sido o primeiro a confrontar os viajantes do tempo. Talvez aquilo fosse só para desestabilizar ainda mais o acampamento. Podia ser só uma coincidência infeliz. Olhar de longe para enxergar o que está perto…

A frase martelava em minha cabeça.


_________________

Kyros A. Weisen

Mensagens : 24
Data de inscrição : 05/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 20
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+2
Vontade
Reflexo & Agilidade+4
Observação
Fortitude+2
Carisma
Proficiência+2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Refeitório] Aqueles que a nós vieram. pt II

Mensagem por Rosie S. Máximos em Dom Dez 09, 2018 1:43 pm

Acampamento Meio-Sangue do Futuro

Hora de contar nossa história... mas, o quê exatamente?
Conta-me o teu passado e saberei o teu futuro.
Aconteceu tudo muito rápido. Dariu se levantou e segurou o pulso dela, mas ela o chutou, largando os cabelos de Seraph. E do nada meu corpo ficou rígido, e pelo visto os dos demais também, como se estivesse preso ao chão por uma força invisível.

HAHAHAHAHAHAHAHAHA, A VAIDAAAADE HUMANA. O lindo semideus filho de Zeus achando que todas as garotas estão aos seus pés. Vocês são nojentos. Todos vocês. A atenção que dão para suas garotas foi o que me convenceu a vir aqui dessa forma... quem desconfiaria desses lindos olhos cor de mel? – Ela lambeu a ponta da faca que estava com o sangue de Seraph, partindo a língua ao meio. A cena era terrível e me causou uma repulsa consideravel. — Eu esssperava dificuldades para conseguir informação, mas Senhores do tempo... hmmmmmmmmm. Chronos mandar uma tropa é novidade... meu senhor ficará feliz. Agora eu me vou, mas logo iremos nos encontrar – a vontade de bater no Kyros agora extrapolava o que ele poderia pensar. Meu irmão certamente se resolveria com ele, mas eu também iria. - As vezes é preciso olhar para longe, para enxergar o que está perto.

Dito isso, abriu a boca e uma fumaça negra saiu da boca dela, como a saída de uma possessão, e o corpo da semideusa caiu, aparentemente sem vida, e então nós pudemos nos mover novamente. Kyros se encaminhou para o lado, e a cena que ele iria possivelmente investigar, era a mais bizarra. O garoto sentado naquela cadeira, o semideus que tomou a iniciativa, o arrogante que protegia seu líder... estava morto. Seus olhos arrancados e sua mandíbula dilacerada. Engoli em seco. Não ouvi nenhum clamor, nem grito de dor, nada que pudesse denunciar que ele estava sendo atacado... Quem poderia ter feito algo assim tão perto? Duas mortes em um único dia... isso me preocupava.

Rafael foi olhar o corpo da Sophie, o Kyros foi olhar o do Cole. Peguei a bolsinha com medicamentos e fui até Seraph, aplicando o spray na ferida do pescoço dele, e fui ajudar Darius a se levantar, pois não sabia se ele tinha se machucado com o chute. Se fosse eu, não conseguiria me levantar só... mas ele era grande e forte, então me encaminhei até ele com a intenção de oferecer ajuda.

Legenda: Narração - Minhas Falas - Falas de Outros
By_Max

_________________
Rosie Swane Máximos
Filha de Macária | Senhora do Tempo | Espadachim | Lenda
Rosie S. Máximos
Rosie S. Máximos

Mensagens : 45
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+1
Vontade+3
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma+1
Proficiência+2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Refeitório] Aqueles que a nós vieram. pt II

Mensagem por Seraph Zehel ëa Vertrag em Seg Dez 10, 2018 12:14 pm

Paradoxo Temporal
Gostaria de dizer que acompanhei todos os acontecimentos com facilidade, mas o torpor em minha mente me impedia de perceber o que ocorria ao meu redor.

Fiquei no chão boa parte do tempo, lutando com a tontura e o enjôo, amargando meu próprio discutido em cogitar uma hipótese tão simples como a de estarmos sendo espionados pelas forças inimigas. Em uma guerra, informação era a maior arma que um oponente podia ter e, aparentemente, agora nossos inimigos - que nem sabíamos quem eram - tinha posse de uma informação que nos mesmos desconheciamos.

Demorou algum tempo até que senti os efeitos se atenuando e finalmente encontrei forças para me erguer, ainda meio trôpego, usando a mesa co modelo apoio. Minha mente ainda lutava com o torpor, mas meu orgulho ferido parecia estar vencendo aos poucos a guerra contra o maldito sonífero.

Varri a sala com o olhar, enquanto ainda me apoiava na mesa e meus olhos caíram sobre o corpo desfalecido de Cole, agora acudido por Kyros, o que parecia ser uma ironia cruel do destino. Duvido muito que o filho de Apolo permitisse que qualquer um dos seus forasteiros se quer se aproximasse mais do que 2m dele.

O corpo de Sophie desfalecido me causou certa náusea, mas eu ignorei de pronto. Duas quedas no mesmo dia era o majs do que suficiente para mim, não é permitiria uma terceira, meu orgulho não sobreviveria.

- Me escutem, todos. - Minha voz estava rouca e um pouco embargada, fosse pelas baixas que pesavam em meus ombros ou pelo sonífero, havia um quê de insistência e vigor dentro dela, quase como se fosse um comando. - Sei que vocês podem querer manter algum segredo, mas a partir de agora, sugiro que sejam inteiramente sinceros. - Meus olhos pousaram sobre Rafael, que sempre me parecera o mais racional do grupo. - Nossos inimigos agora estão a par de quem são e, se pretendemos vencer essa guerra, é melhor que seus aliados também saibam. Do contrário, duas perdas será apenas o início de toda essa confusão. - Não os obrigaria de fato a responder, estava mais para um conselho de um homem que acabara de perder dois bons amigos para uma morte inevitável.

+ LEGENDA: 01/??
☾ FG RAVEN ☽
Seraph Zehel ëa Vertrag
Seraph Zehel ëa Vertrag

Mensagens : 24
Data de inscrição : 09/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 7
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade+1
Observação
Fortitude+1
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Refeitório] Aqueles que a nós vieram. pt II

Mensagem por Katherine Hathaway em Sab Dez 15, 2018 2:58 am



 
Música: Unravel TK

As vezes é preciso olhar para longe, para enxergar o que está perto.  (?)

Saindo de um estupor me movi para dentro do refeitório enquanto a cena irreal se desvencilhava na minha frente. As pessoas pareciam agir como se não houvesse dois corpos em meio a eles e, quais notavam, ou os chacoalhavam ou tratavam com descaso. Deuses, eram assim que tratavam as pessoas depois de 200 anos?
Fui me colocar do lado do Max, enquanto o que parecia ser o suposto líder do novo Acampamento se levantava ignorando a ajuda de Rosie. Olhei para a garota que o Max examinava e notei um estranho pentagrama em sua testa, que coisa estranha para se ter, será que aquilo era consequência do que estava em seu corpo? Um calafrio perpassou pelo meu corpo, subindo pela coluna, então o cara que parecia um soldado falou.
— Me escutem todos. - Disse ele com a voz um pouco embargada. - Sei que vocês podem querer manter algum segredo, mas a partir de agora, sugiro que sejam inteiramente sinceros. Nossos inimigos agora estão a par de quem são e, se pretendemos vencer essa guerra, é melhor que seus aliados também saibam. Do contrário, duas perdas será apenas o início de toda essa confusão.
Era obvio que a pergunta era dirigida ao Max que estava à minha frente, mas a situação toda me incomodava, então não consegui me fazer quieta.
— Pelo pouco que ouvi quando cheguei, creio que meus amigos estão sendo bem sinceros. E entendo toda sua preocupação com baixas, de verdade, mas estamos tão perdidos quanto vocês e precisamos de respostas, pelo o que nos falaram fomos jogados anos à frente de nosso tempo, não podem pensar que isso foi planejado... - Olhei para as pessoas ao redor, inclusive os mortos. - No "meu tempo" - falei com um gosto amargo na boca - daríamos uma atenção digna aos que caíram e reforçaríamos as defesas, talvez os corpos tenham alguma coisa que ajude a entender o que aconteceu aqui e não acho que um lugar com tantas pessoas seja o mais adequado para conversarmos e trocarmos informações, visto pelo exemplo que parece que tivemos.
— Não quero levantar suspeitas sobre os seus... - complementei sabendo que era exatamente isso que poderia ter soado - Mas todos nós acabamos de sermos atacados, precisamos nos defender e precisamos reunir informações adequadamente...

LEGENDA: Pensamentos — Fala dos outros — Minha fala
Thanks @ Panda & Max

_________________
"You know what lives below the surface?"
CREDITS @ FRANKIE
Katherine Hathaway
Katherine Hathaway

Mensagens : 37
Data de inscrição : 05/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Aprendiz
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+2
Vontade+1
Reflexo & Agilidade+2
Observação+2
Fortitude
Carisma
Proficiência+2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Refeitório] Aqueles que a nós vieram. pt II

Mensagem por Cole Williams em Dom Dez 16, 2018 4:21 am




intruders




When the monsters are loud they're really quite delightful – it's the silent ones that kill you. Those silent little demons and their silent little ways...
Um excelente jeito de terminar a reunião, aquele: encarando dois cadáveres deformados enquanto saía do esconderijo pouco dignificado que era debaixo da mesa. A prole da noite espanou suas calças com as costas das mãos e respirou fundo. O ar fedia a sangue. Seus olhos cerrados viajaram da garota caída no chão para o rosto deformado de seu “xará”. Era estranho. Errado. Mesmo com o discurso melodramático clamando a atenção de todos, era difícil imaginar como o assassinato brutal passara despercebido.

Procurou algum utensílio de cozinha, preferencialmente uma faca, esquecido no grande refeitório para trazer consigo antes de se aproximar do filho de Apolo. Parecia impossível captar tudo o que acontecia ao seu redor: semideuses socorriam os feridos, analisavam os cadáveres, tagarelavam sobre o melhor curso de ação... Focos demais, como formigas desesperadas após terem seu lar pisoteado.

— Não quero levantar suspeitas sobre os seus... — a frase de uma dos supostos viajantes do tempo chamou sua atenção. — Mas todos nós acabamos de sermos atacados, precisamos nos defender e precisamos reunir informações adequadamente...

O rapaz mordiscou a unha, um leve vinco surgindo em sua testa. Balançou a cabeça e tocou o ombro do desconhecido abaixado ao lado do corpo deformado.

— Ela está errada — murmurou. — Nós devemos “levantar suspeitas sobre os nossos”.

E sobre os deles, mas por fins diplomáticos Williams deixou aquela pequena parte de lado. Assim como o fato de sua liderança ter sido atacada, e não a dos novos visitantes.

— Não foi o cadáver ali que matou esse cara. — Apontou com a cabeça para Sophie. — O que fez isso ainda está aqui, e pode atacar de novo no meio dessa bagunça.

Foi quando todos estavam distraídos que a garota tentou degolar Seraph, e o mesmo aconteceu na morte de Cole. A cria de Nyx não acreditava nesse tipo de coincidência. Seus dedos batucavam a coxa enquanto os olhos escrutinavam os arredores. Dessa vez não seria pego com as calças nas mãos.




Cole Williams
Cole Williams

Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/12/2018

Ficha de Personagem
Nível: 5
Ranking: Não Ranqueado
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade
Observação+2
Fortitude
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Refeitório] Aqueles que a nós vieram. pt II

Mensagem por Narrador em Dom Dez 16, 2018 9:14 pm


   

       
Detalhes interessantes
Subtítulo

       
— Isso não é tão relevante. Um esquadrão de fedelhos do passado não podem realmente nos atrapalhar em nada. — Os lábios cobertos de um batom extremamente vermelho se moveram de uma forma quase erótica — Mesmo que enviados pelo velho Tempo.

Ondulações surgiram sobre a superfície da grandiosa lagoa de água vermelho-rubro quando a forma feminina se ergueu, nua em pêlo, esticando o braço para apanhar uma toalha tão branca quanto a neve que vinha sendo trazida por uma empregada enquanto a mulher caminhava para fora do lago. O olhar da mulher era intenso sobre o garota agora ajoelhado à sua frente, e em seus la´bios um sorriso satisfeito evidenciou sua alacridade pelo respeito apresentado.

— Diga, o que mais você pode me contar sobre o que aconteceu nesse tempo em que ficou infiltrada entre aqueles campistas? — A mulher questionou enquanto passeava a toalha macia sobre suas curvas bem definidas.

— Bem, a organização deles é pífia. Aparentemente eles não tinham sequer poderes para utilizar... pareciam tão mortais quanto os humanos nojentos que não possuem sangue dourado* nas veias. Uma ofensiva seria de fácil sucesso. — os fios loiro-prateados caíam em cascata enquanto a garota se mantinha ajoelhada, mirando o solo.

A toalha foi entregue pela mulher à empregada, embora agora não estivesse mais tão branca assim, e passos firmes preencheram a distância entre a figura imponente e sua serva. Ao chegar a uma distância de um braço a mulher agachou, abrindo as pernas de uma forma que se podia ver sua intimidade e comentou com um meio sorriso:

— É claro que não tinham poderes. Aqueles velhos deuses estão tão fracos que chupariam as bolas do próprio Satã se isso lhes garantisse a sobrevida que pretendem conseguir com suas proles. Mas, você fez um bom trabalho...— A mulher estendeu a mão entre a cascata de cabelo e ergueu a face da garota, observando as poucas sardas que ela tinha sobre a face branca. Era uma garota bonita e prestativa, pensou a mulher enquanto passeava o polegar pelos lábios cheios da adolescente — Será bem recompensada. — E a beijou.

Naquele momento, a garota sorriu de lado ao notar, embora já soubesse, que o liquido vermelho rubro que escorria dos cabelos de sua senhora não era água, era sangue.

—— X ——


No acampamento, Darius continuava inconsciente, embora vivo, e Rafael não encontrou em suas memórias nada que pudesse explicar o que motivou o ataque ou até mesmo quem o havia feito. A única coisa que diferenciava o cadáver de Sophie do outro era o símbolo do pentagrama gravado em sua testa. Contudo, o pentagrama é um ´simbolo presente em praticamente toda e qualquer religião existente. Isso não ajudaria em cada.

Já o corpo do pobre Cole demonstrava bem menos fatores sobrenaturais e mais trabalho humano. As orbitas não foram explodidas e sim arrancadas, tal como sua mandíbula parecia ter sido forçada a sair graças a pele que pendia em fiapos logo abaixo da maçã do rosto. O que quer que tenha feito aquilo, pode ter apenas se aproveitado do momento de distração para agir.... mas quem poderia saber?


        Tag1 | Tag2
       

   

Narrador
Narrador
Admin

Mensagens : 283
Data de inscrição : 24/07/2018

Ver perfil do usuário http://pjonline-reloaded.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Refeitório] Aqueles que a nós vieram. pt II

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum