[Natal/2018] Encontros

Ir em baixo

[Natal/2018] Encontros

Mensagem por Ananke em Qua Jan 02, 2019 2:03 am



Sorte ou Azar?
Algo além do destino ligava aqueles semideuses em especifico aquela noite. Era certo que todos receberam um globo de neve, embora não soubessem, todos tinham caído em uma ilusão e tentado ser atraído para a morte, mas de alguma forma todos os quatro tinham escapado apenas pela sua força de vontade. Alguns por lembrarem do que era importante. Mas além daquilo, suas escolhas tinham os levado ao mesmo local, todos ignoraram o feixe de luz e se dirigiram para algum chalé, iriam se encontrar muito em breve.

Instruções:
Para: Seraph, Cole, Rafael e Rosie.
Postem aqui se quiserem se encontrar, se não o destino vai mantê-los afastados. No mínimo duas pessoas devem postar para ativar essa parte; caso postem a missão de vocês será transferida apenas para esse tópico.

Qualquer habilidade deve ser rolado 1d20 para Proficiência.
Role os dados AQUI e poste o link no próximo post de vocês.

*Não há ordem de postagem. Rodada encerra às 23h59*

Kids in the Dark
Ananke
Ananke

Mensagens : 92
Data de inscrição : 26/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Rosie S. Máximos em Qua Jan 02, 2019 8:36 pm


Globos de Neve

Mas, o quê..?
Chacina...
Voltei novamente para a área dos chalés; sentia a presença de almas ao redor, embora estivesse difícil me concentrar em contabiliza-las, mas não conseguia ver alguém por perto, e minha cabeça doía mas não o suficiente para me impedir de avançar. Percebi que um dos chalés estava com a porta aberta. E dele saia um odor muito forte de... sangue? Respirei fundo, apesar do cheiro um pouco pungente a cada passo que eu dava, e apertando o punho da espada com força adentrei o chalé e em cada canto em que eu olhava havia um corpo ensanguentado no chão. Se era obra de Thânatos, eu duvidada.

Olhei a parede do chalé e vi símbolos de magia, Grimórios e outras coisas, o que me fez identificar o chalé de Hécate: - Fizeram uma chacina aqui... - Empurrei uma das portas com a espada, a procura do possível assassino, mas apenas avistei mais corpos dentro do quarto. Não poderia contabilizar rapidamente quantas pessoas foram mortas, mas pelo que pude ver... não havia uma única pessoa filha da deusa que não tenha sido assassinada. Outras pessoas poderiam estar correndo o mesmo risco! Comecei a voltar, saindo do chalé de Hécate e rumando para outro chalé, afim de verificar se outros campistas estavam com problema, sem parar de tentar achar alguma alma conhecida de alguém do acampamento atual, ou dos amigos que vieram conosco...

Dados:

Habilidades Passivas - Filhos de Macária:

Sexto Sentido: com um pouco de concentração o semideus pode sentir as almas daqueles ao seu redor, quantificá-las e caso esteja acostumado com a presença de alguém, identificar o indivíduo apenas pela "impressão" gerada pela sua alma.

Visão Noturna: como filho do submundo, mesmo na ausência de luz o semideus pode ver com clareza.

Empatia: o semideus consegue identificar o que outra pessoa está sentindo, mas quando diversos indivíduos estão presentes não consegue identificar que sentimento pertence a qual pessoa.

Autoridade: por ser descendente de Macária sua autoridade é reconhecida por criaturas do submundo. Alguns irão jurar lealdade, outros terão medo, mas isso nem sempre irá funcionar da mesma forma para todos os filhos da Boa Morte.

Conhecimento: o semideus reconhece quaisquer elementos provenientes do submundo.

Meditação Profunda: o semideus consegue entrar em um estado profundo de concentração, o que lhe permite contatar espíritos do passado. A ligação é mais forte quando há algum laço com o espírito. É uma técnica difícil que exige prática e concentração.

Ctônico: estar em contato com a terra e o subterrâneo é natural para o semideus, que não sofre com a falta de ar, a pressão ou mudanças de temperatura nesses ambientes.

Oculto: quando no escuro a presença do semideus é quase que completamente ocultada, difícil de ser percebida. Uma técnica que se torna mais efetiva conforme o usuário se fortalece.

Armas Escolhidas:

♦️ Espada de Bronze: Lâmina de bronze celestial de 60cm de comprimento com um desenho de uma rosa no bronze próximo ao punho, de 15cm, de madeira e couro enfeitado com desenhos de rosas e espinhos no pomo.
♦️ Escudo de bronze: Um escudo de bronze celestial, circular, de raio 30cm, plano.

Legenda: Narração - Minhas Falas - Falas de Outros
By_Max

_________________
Rosie Swane Máximos
Filha de Macária | Senhora do Tempo | Espadachim | Lenda
Rosie S. Máximos
Rosie S. Máximos

Mensagens : 45
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+1
Vontade+3
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma+1
Proficiência+2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Cole Williams em Qua Jan 02, 2019 11:08 pm




nightmare




When the monsters are loud they're really quite delightful – it's the silent ones that kill you. Those silent little demons and their silent little ways...
Os pés do filho da noite voaram pelo chão, seu avanço ocultado pela atenção que o pilar luminoso demandava. Esse permaneceu no céu, cobrindo a todos com seu manto azulado, por quase dois minutos. Tempo o suficiente para o semideus encurtar a distância entre si e os chalés.

Ele encostou a lateral do rosto na porta da construção mais próxima. Silêncio. Continuava sem sentir a presença opressora da primeira magia. Respirando fundo, girou a maçaneta e escorregou para dentro. Fechou a porta atrás de si.

A escuridão do lugar era uma mudança bem vinda. O rapaz andou como um gato até uma cama e segurou a ponta da manta que cobria por inteiro um semideus adormecido. Antes que pudesse puxá-la, no entanto, ele ouviu o som de passos perturbar o silêncio noturno como uma gota de orvalho caindo em uma poça. Um fio de gelo percorreu sua coluna. Num reflexo, procurou por uma cama vazia e jogou-se nela, cerrando os olhos e fingindo estar no décimo sono. Suas mãos abraçavam o corpo como uma criança deixada sem seu bichinho de pelúcia, ambas enfiadas dentro do casaco para aparentemente “refugiarem-se do frio”. Uma delas segurava com firmeza o cabo da arma ocultada pela mesma peça de roupa.




Armas escolhidas:
- Faca: Uma faca feita de bronze celestial com cabo revestido em couro. Possui uma pequena guarda – apenas o bastante para a mão não escorregar para a lâmina durante o combate. Tem corte em apenas um dos lados, o outro sendo serrilhado.

- Foice curta: Uma foice feita de bronze celestial. Sua lâmina tem a forma de um "C" e possui corte apenas na parte interna. O cabo é revestido em couro.
Cole Williams
Cole Williams

Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/12/2018

Ficha de Personagem
Nível: 5
Ranking: Não Ranqueado
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade
Observação+2
Fortitude
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Seraph Zehel ëa Vertrag em Qua Jan 02, 2019 11:16 pm

Paradoxo Temporal
Meu coração falhou uma batida quando não vi minha irmã e mais duas quando vi o estado em que se encontrava sua cama, o globo de vidro quebrado e jazido esquecido tal qual o meu. Será que o globo tinha algo a ver com tudo aquilo? Não poderia saber, nem mesmo tinha tempo pra analisar isso.

Voltei-me para o lado de fora, em busca do rasto de minha irmã, quando ouvi passos na noite. Meus sentidos se ouriçaram rapidamente e me forcei a parar e me atentar para quem se aproximava. Estava prestes a tomar como inimigo, quando os múltiplos pisca-pisca, acenderam sobre o rosto de Rosie.

- Ei! O que tá acontecendo? Viu a Alexis? - Inqueriria desperado, só então notaria minha falta de decoro. - Você está bem? Onde estão os outros? - Acho que eram mais perguntas do que ela era capaz de responder e muito mais do que geralmente eu perguntaria, mas a situação estava mais descontrolada do que eu imaginei ser possível e a vozinha lá no fundo me culpava por tudo.

+ LEGENDA: 01/??
☾ FG RAVEN ☽
Seraph Zehel ëa Vertrag
Seraph Zehel ëa Vertrag

Mensagens : 24
Data de inscrição : 09/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 7
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade+1
Observação
Fortitude+1
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Rafael L. Maximos em Qui Jan 03, 2019 1:39 am

Silence

~~
O cheiro familiar do sangue instigava minha fúria. Aquilo não sairia impune!
Segui atrás de Rosie. Próximo a um dos chalés percebi algo estranhamente familiar, um forte cheiro de sangue e então finalmente soube que a Morte estivera ali. Enquanto Rosie seguia para o chalé em questão, onde pude perceber que um grande número de almas atormentadas. Decidi ir mais adiante, para o chalé que, até onde eu sabia, era de Afrodite.

Me aproximei cautelosamente, com armas em posição. Parei antes de chegar na porta, quando ouvi vozes. Me virei rapidamente e vi minha irmã falando com Seraph. Não estávamos sozinhos.

Fui na direção de ambos, mais aliviado, mas levemente irritado com a dor e cabeça que havia começado a pouco e até então eu não notara.

Armamento Escolhido:

• Espada de Bronze Celestial: uma espada média, 60cm de lâmina, 15cm de cabo envolvido em couro e uma rosa talhada no pomo.

• Escudo de Bronze Celestial: 60 centímetros de circunferência, liso.
Legenda: Narração - Minhas Falas - Falas de Outros
By_Max
Rafael L. Maximos
Rafael L. Maximos

Mensagens : 27
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Aprendiz
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+2
Vontade+2
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma
Proficiência+3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Ananke em Qui Jan 03, 2019 1:59 am



Sorte ou Azar?
Os semideuses se afastavam do destino ou o destino fazia seu trabalho para uni-los. Juntos se tornariam mais fortes, mas força seria o bastante?

Seraph, Rosie e Rafael se reuniram na frente dos chalés, onde o cheiro dos corpos já perturbava o fim da noite. Enquanto isso, Cole estava escondido, ouvia passos dentro do chalé que estava, seria de algum dos semideuses? Era possível que o semideus tivesse escolhido justamente aquele chalé para se esconder? O chalé em que uma das semideusas do passado repousava, em um sono sem fim?
O filho da noite veria uma sombra masculina passar diante da porta do quarto que estava, carregando sobre os ombros um corpo feminino. Ele não sairia pela frente do chalé, onde os demais semideuses se reuniam, mas sim por trás. Seria rápido demais para Cole acompanhar, se tentasse segui-lo perderia o rastro na porta que levava ao fundo do chalé.

Instruções:
Rosie e Rafael: Vocês sentem a alma de todos seus amigos, alguns mais próximos que outros, mas não sabem dizer se estão vivos ou mortos porque há outra centena de almas no lugar. Vocês notaram que o véu está mais fino, mas não sei se sabem porquê, levantem teorias.

Qualquer habilidade deve ser rolado 1d20 para Proficiência.
Role os dados AQUI e poste o link no próximo post de vocês.

*Não há ordem de postagem. Rodada encerra às 23h59*

Kids in the Dark
Ananke
Ananke

Mensagens : 92
Data de inscrição : 26/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Rafael L. Maximos em Qui Jan 03, 2019 11:58 pm

Silence

~~
O cheiro familiar do sangue instigava minha fúria. Aquilo não sairia impune!
Quando finalmente me reuni à Rosie e Seraph as coisas não estavam nada melhores. O cheiro pungente da chacina era perturbador. Quando me aproximei percebi que o filho de Zeus falava algo para minha irmã, porém não consegui identificar nada além do fim.

- Não sabemos onde estão os outros. Para ser sincero, você foi o único que encontramos até agora - fui me intrometendo - No entanto, ainda há mais pessoas por aqui. Conseguimos senti-las.

Fui abrindo o jogo. A verdade era que o tempo todo consegui sentir a presença de mais semideuses no acampamento, mas com o que havíamos encontrado no chalé de Hécate eu já não sabia confirmar quem estava vivo.

- Talvez o nosso inimigo seja um necromante - inferi - isso explicaria a quantidade de almas que reuniu aqui. É demais para serem apenas os semideuses do acampamento. Esse estado caótico, as visões e as armadilhas... - então uma ideia me ocorreu - pode ser um ritual.

Dados:

Armamento Escolhido:

• Espada de Bronze Celestial: uma espada média, 60cm de lâmina, 15cm de cabo envolvido em couro e uma rosa talhada no pomo.

• Escudo de Bronze Celestial: 60 centímetros de circunferência, liso.
Legenda: Narração - Minhas Falas - Falas de Outros
By_Max
Rafael L. Maximos
Rafael L. Maximos

Mensagens : 27
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Aprendiz
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+2
Vontade+2
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma
Proficiência+3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Cole Williams em Sex Jan 04, 2019 12:00 am




nightmare




When the monsters are loud they're really quite delightful – it's the silent ones that kill you. Those silent little demons and their silent little ways...
O som dos passos aproximando-se se tornava cada vez mais claro – reverberava nas paredes do chalé e fazia o coração de Cole acelerar. Era uma luta manter a respiração nivelada. As pálpebras do semideus descolaram minimamente, presenciando apenas uma sombra atravessando a segunda porta daquele chalé.

A forma era estranha, deformada demais para ser de uma pessoa – ou de só uma pessoa. Poderia pertencer a um homem carregando alguém. O semideus esperou que ela sumisse pelo batente e levantou-se. Andou até a saída, o frio do quase amanhecer batendo em seu rosto. Uma olhadela rápida para os lados bastou para descobrir que quem quer que tivesse deixado o chalé já tinha desaparecido. Williams mordiscou as unhas de sua mão livre. Devia ser alguém forte, para conseguir sumir tão rápido levando outra pessoa sobre os ombros. Inspirou fundo. Agachou-se e examinou a terra, buscando sinais de pegadas ou qualquer outra coisa que pudesse indicar para onde a figura fora. Parecia-lhe uma péssima ideia seguir atrás dele sozinho – podia estar lidando com o invocador da estranha magia, afinal de contas. Encontrar o caminho pelo qual seguira, no entanto, seria útil para não acabar em outro encontro acidental.

Williams contornou o chalé em sua investigação, ou ao menos começou a contornar: o som inesperado de vozes fez com que parasse e colasse as costas contra a parede. Ele se aproximou devagar da curva que dava para a frente do edifício, mal ousando respirar, e inclinou a cabeça para tentar enxergar quem conversava.

Havia três pessoas lá, e a visão de uma delas fez com que soltasse o ar: o rapaz que quase fora esfaqueado no refeitório. Ser a vítima de uma tentativa de assassinato colocava-o bem baixo na lista de “prováveis conspiradores atacando o acampamento”. O que em si era incriminador, já que esse seria um ótimo jeito de esconder o próprio envolvimento. Apenas o fato de alguém muito mais suspeito ter acabado de desaparecer pela porta dos fundos deixou o filho da noite confiante o suficiente para dar-lhe o benefício da dúvida. Ele deu um passo hesitante em direção ao grupo.

— Seraph?




Armas escolhidas:
- Faca: Uma faca feita de bronze celestial com cabo revestido em couro. Possui uma pequena guarda – apenas o bastante para a mão não escorregar para a lâmina durante o combate. Tem corte em apenas um dos lados, o outro sendo serrilhado.

- Foice curta: Uma foice feita de bronze celestial. Sua lâmina tem a forma de um "C" e possui corte apenas na parte interna. O cabo é revestido em couro.

Rolagem de dados:
Cole Williams
Cole Williams

Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/12/2018

Ficha de Personagem
Nível: 5
Ranking: Não Ranqueado
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade
Observação+2
Fortitude
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Seraph Zehel ëa Vertrag em Sex Jan 04, 2019 12:25 am

Paradoxo Temporal
Rosie, infelizmente parecia tão perdida como eu e, como se para complementar o clube dos que não faziam idéia do que estava acontecendo, Rafael aparece no nosso campo de visão, entrometenso-se na conversa, impedindo que Rosie me respondesse, jogando em meus ombros conceitos que eu só reconhecia de livros de fantasia e vídeo games que remontavam séculos passados.

- Ritual???! - Por mais que fosse um termo comum, as implicações que aquilo podia significar não era algo que minha mente podia processar, não fazia parte foi guia de emergências que recebíamos no exército...Bom..Nem em qualquer outro lugar, acho. - Tem algo que possamos fazer pra parar isso? - Apesar de minha ignorância sobre o assunto, minha vontade em por um fim naquela loucura toda era genuíno.

Um pouco depois de minha fala, ouvi uma voz rouca e abafada as minhas costas. Em reflexo, saquei minha espada, mas, ao reconhecer a silhueta magra e pálida eu a embarquei novamente.

- Cole...Que bom vê-lo viv...Vê-lo. Está tudo bem com você? Encontrou mais alguém? - Inqueri com preocupação.

+ LEGENDA: 01/??
☾ FG RAVEN ☽
Seraph Zehel ëa Vertrag
Seraph Zehel ëa Vertrag

Mensagens : 24
Data de inscrição : 09/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 7
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade+1
Observação
Fortitude+1
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Rosie S. Máximos em Sex Jan 04, 2019 12:56 am


Globos de Neve

Mas, o quê..?
Chacina...
Ouvi a voz do lider do acampamento qe por duas vezes tentei ajudar e falhei. Virei o rosto para ele e percebi que estava muito preocupado e perguntou-me sobre sua irmã, depois sobre os semideuses e afins. Antes que eu pudesse responder, meu irmao interviu falando a verdade e falando sobre um necromante e a nossa percepção de almas. O que ele disse fazia sentido, e poderia ser sim, mas eu estava confusa..- - Seraph, não sei onde está sua irmã. Mas iremos encontra-la a tempo. Conte conosco... . - Fiz uma breve pausa e olhei para meu irmão : - Sua teoria explicaria a presença de tantas almas e os assassinatos.. como quem está querendo invocar algo... Mas... Eu estou sentindo como se o fio entre a vida e a morte, o que Cloto tece... estivesse muito fino. Estou achando isso estranho. Quem poderia controlar essa questão das vidas além das Parcas? De qualquer forma... Vamos em frente. Estamos sentindo nossos amigos por perto... o intruso pode não ter saido do chalé ainda...
Olhei para Seraph, que parecia ter recebido informações demais pra processar e sorri de leve pra ele e com os olhos, tentei transmitir a mensagem “Acharemos sua irmã. Estamos juntos nessa!”.. Ele precisava simplesmente ser quem ele era, pois agora estavamos juntos... havia uma chance de deter quem quer que estivesse fazendo isso. Tentei novamente, enquanto andava até o próximo chalé, sentir alguma coisa além da presença dos nossos amigos... ou ouvir algum som....

Dados:

Habilidades Passivas - Filhos de Macária:

Sexto Sentido: com um pouco de concentração o semideus pode sentir as almas daqueles ao seu redor, quantificá-las e caso esteja acostumado com a presença de alguém, identificar o indivíduo apenas pela "impressão" gerada pela sua alma.

Visão Noturna: como filho do submundo, mesmo na ausência de luz o semideus pode ver com clareza.

Empatia: o semideus consegue identificar o que outra pessoa está sentindo, mas quando diversos indivíduos estão presentes não consegue identificar que sentimento pertence a qual pessoa.

Autoridade: por ser descendente de Macária sua autoridade é reconhecida por criaturas do submundo. Alguns irão jurar lealdade, outros terão medo, mas isso nem sempre irá funcionar da mesma forma para todos os filhos da Boa Morte.

Conhecimento: o semideus reconhece quaisquer elementos provenientes do submundo.

Meditação Profunda: o semideus consegue entrar em um estado profundo de concentração, o que lhe permite contatar espíritos do passado. A ligação é mais forte quando há algum laço com o espírito. É uma técnica difícil que exige prática e concentração.

Ctônico: estar em contato com a terra e o subterrâneo é natural para o semideus, que não sofre com a falta de ar, a pressão ou mudanças de temperatura nesses ambientes.

Oculto: quando no escuro a presença do semideus é quase que completamente ocultada, difícil de ser percebida. Uma técnica que se torna mais efetiva conforme o usuário se fortalece.

Armas Escolhidas:

♦️ Espada de Bronze: Lâmina de bronze celestial de 60cm de comprimento com um desenho de uma rosa no bronze próximo ao punho, de 15cm, de madeira e couro enfeitado com desenhos de rosas e espinhos no pomo.
♦️ Escudo de bronze: Um escudo de bronze celestial, circular, de raio 30cm, plano.

Legenda: Narração - Minhas Falas - Falas de Outros
By_Max

_________________
Rosie Swane Máximos
Filha de Macária | Senhora do Tempo | Espadachim | Lenda
Rosie S. Máximos
Rosie S. Máximos

Mensagens : 45
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+1
Vontade+3
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma+1
Proficiência+2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Ananke em Sex Jan 04, 2019 1:32 am



Sorte ou Azar?
Cole tentou seguir o sujeito para fora do chalé, mas antes que chegasse à porta ele já tinha partido, sem rastros, sem sinal de sua presença, sem pegadas. Foi então para a porta da frente, onde identificou três figuras conhecidas e uma delas o líder do Acampamento.
Enquanto isso, conformem falavam notavam que em parte estavam certos. Um necromante poderia fazer aquilo, mas não se fosse apenas necromante. Tudo podia fazer parte de um ritual, na verdade, era mais provável que o véu tivesse afinado por consequência e não de propósito, como uma etapa. As mortes, a chacina, tudo fazia sentido. Saberiam inconscientemente três formas de acabar com um ritual: 1. Inutilizando o local que esse estava sendo convocado; 2. Impedindo quem o estava realizando; 3. Impedindo que juntasse os instrumentos necessários.
Um pressentimento avisava à Seraph que eles não tinham muito tempo e sua irmã estaria morta antes do fim da noite.

Instruções:
Rosie e Rafael: Vocês sentem a alma de todos seus amigos, alguns mais próximos que outros, mas não sabem dizer se estão vivos ou mortos porque há outra centena de almas no lugar. Esse é o máximo que vão saber.

Qualquer habilidade deve ser rolado 1d20 para Proficiência.
Role os dados AQUI e poste o link no próximo post de vocês.

*Não há ordem de postagem. Rodada encerra às 23h59*

Kids in the Dark
Ananke
Ananke

Mensagens : 92
Data de inscrição : 26/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Rafael L. Maximos em Sex Jan 04, 2019 10:26 pm

Mais perguntas vinham do filho de Zeus, mas foram as palavras de Rosie que me fizeram entender a situação. Não era apenas o peso de sua posição como líder, mas a preocupação com sua irmã. Naquele momento me coloquei em seu lugar, pois já estivera lá muito tempo atrás. Talvez eu tivesse mais em comum com ele do que imaginava.

Quando outro semideus, Cole, se juntou a nós eu tornei a falar - Um ritual de magia negra possui características semelhantes as que vemos aqui. As mortes, os desaparecimentos...posso sentir essas almas mas não definir como estão. Como minha irmã disse, poucas criaturas possuem tanto poder sobre o véu que separa o mundo dos mortos e dos vivos - mais uma ideia me ocorreu - Talvez eu possa marcar a impressão de alma de alguém que eu conheça e então seguir isso até a pessoa. O que acham?

_________________

Rafael Logan Máximos
So you can throw me to the wolves

Tomorrow I will come back

Leader of the whole pack
Filho de Macária | Senhor do Tempo | The Wolf | @Max
Rafael L. Maximos
Rafael L. Maximos

Mensagens : 27
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Aprendiz
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+2
Vontade+2
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma
Proficiência+3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Seraph Zehel ëa Vertrag em Sex Jan 04, 2019 11:31 pm

Paradoxo Temporal
- Se puder fazer isso, seria ótimo - Acho que minha voz estava uma oitava acima do normal, mas eu não liguei para isso, existia a chance de salvar minha irmã, era o que realmente importava.

Havia uma outra questão a me concentrar, agora que existia uma solução para a procura da minha irmã, o clarão na Casa Grande. Aquilo tinha me pego de surpresa, mas a urgência do possível sequestro da minha irmã tinha tomado toda a minha mente.

- É possível que aquele clarão seja por causa desse tal ritual? Se for...talvez consigamos impedí-lo indo pra lá...Talvez tenhamos que nos dividir. -Minha mente traçava a rota mais curta para o local.

Por impulso, peguei meu smartphone evoluído na esperança de acessar as câmeras do acampamento, se é que  instalação havia sido concluída antes da morte de Sophie.

+ LEGENDA: 01/??
☾ FG RAVEN ☽
Seraph Zehel ëa Vertrag
Seraph Zehel ëa Vertrag

Mensagens : 24
Data de inscrição : 09/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 7
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade+1
Observação
Fortitude+1
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Cole Williams em Sab Jan 05, 2019 12:03 am




nightmare




When the monsters are loud they're really quite delightful – it's the silent ones that kill you. Those silent little demons and their silent little ways...
O rapaz confirmou com um aceno de cabeça. Antes que seus lábios se descolassem para contar sobre o estranho vulto no chalé, no entanto, uma semideusa que não conhecia por nome disparou a falar. Ele cruzou os braços e escutou com uma atenção dolorosa as informações despejadas. Uma pequena ruga surgiu entre suas sobrancelhas – mais assassinatos? Fazia sentido. E a ideia do ritual também não lhe parecia impossível, aquele teatro tinha de ter um objetivo maior.

— Ele não está lá — disse quando a loira começou a correr para o chalé. — Saiu carregando alguém. Não deixou rastro, também, não perca seu tempo procurando.

Era quase possível sentir seu nervosismo enquanto mordiscava as unhas e andava outra vez até o muro.

— E sobre quem consegue “mexer com a questão da vida”... Qualquer um com uma faca. — Fez uma pausa. — Mas esse cara não é qualquer um, é alguém com magia o suficiente para colocar o acampamento todo para dormir e ainda sobrar.

Alguém perigoso, em outras palavras.

A prole da noite hesitou por um momento. Não conseguia decidir se corria mais riscos deixando o assassino livre ou tentando atrapalhar o que quer que estivesse planejando. Expor-se não era bem o seu hábito. Ainda assim, se aquilo fosse de fato um ritual... Estremeceu. O semideus não queria lidar com o que precisava de tantas mortes para se formar. Ele soltou um suspiro e virou o rosto para o filho de Zeus:

— O clarão foi mágico, mas não acho que seja parte do ritual. A energia é diferente da que tentou me matar. Aquela era errada, negra... Como você quiser chamar — explicou com um dar de ombros. Inclinou então a cabeça para o outro rapaz, abaixando-a em concordância. — É um plano. Mas vamos precisar de mais gente se querem enfrentar esse cara e se separar.

Williams inspirou fundo e abriu seu próprio device. Ele se aproximou do chalé seguinte e grudou mais uma vez o corpo contra a parede, chegando ao lado da janela e espiando com cautela o interior do edifício. Queria garantir que não havia nenhum vulto misterioso também nessa construção. Dedilhou a tela luminosa algumas vezes e deixou seu indicador flutuando sobre o botão que iniciaria o barulho nada discreto de um despertador quando pressionado. Apenas por garantia, abaixou-se e apanhou uma pequena pedra, jogando-a através da janela e esperando que seu som morresse antes de ligar o alarme.




Armas escolhidas:
- Faca: Uma faca feita de bronze celestial com cabo revestido em couro. Possui uma pequena guarda – apenas o bastante para a mão não escorregar para a lâmina durante o combate. Tem corte em apenas um dos lados, o outro sendo serrilhado.

- Foice curta: Uma foice feita de bronze celestial. Sua lâmina tem a forma de um "C" e possui corte apenas na parte interna. O cabo é revestido em couro.

Rolagem de dados:
Tentando acordar semideuses: 8 (proficiência), 2
Cole Williams
Cole Williams

Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/12/2018

Ficha de Personagem
Nível: 5
Ranking: Não Ranqueado
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade
Observação+2
Fortitude
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Rosie S. Máximos em Sab Jan 05, 2019 1:29 am


Globos de Neve

Mas, o quê..?
Chacina...
Ouvi em silêncio tudo que foi falado, as perguntas e afirmações. Concordei com a cabeça às falas de cole, exceto a questão da vida... mas permaneci em silêncio. Olhei para meu irmão, pois precisávamos de reforços e acho que ele conseguiria encontrar uma de nossas amigas. - Mano... Tenta encontrar a Kathe? Ainda não sabemos o que aconteceu com ela... e.. eu vou tentar encontrar a da Wendy... - Respirei fundo, colocando os pensamentos em ordem e, franzi o cenho. A mesma coisa que incomodava a Seraph, invomodava a mim. Mas precisava ver onde estavam os outros antes de me encaminhar para o local onde saiu o pilar azul que possivelmente eliminou a energia. Me concentrei nos registros de almas nas quais eu estava acostamda à presença, focando na alma de Wendy e tentando encontra-la e tentar identificar nesse pequeno tempo o que ela poderia sentir. Com um pouco de dificuldade consegui localizar sua impressão de alma dentro da floresta e seu sentimento parecia ser negativo. Abri os olhos e olhei para a floresta: - Realmente devemos nos separar... Mas acho melhor um do passado.. ir com um da era atual... Não consegui sentir com total exatidão, mas acho que localizei a Wendy... uns 75% de certeza... e o último sentimento dela não parecia ser bom... O que vamos fazer?

Dados:

Habilidades Passivas - Filhos de Macária:

Sexto Sentido: com um pouco de concentração o semideus pode sentir as almas daqueles ao seu redor, quantificá-las e caso esteja acostumado com a presença de alguém, identificar o indivíduo apenas pela "impressão" gerada pela sua alma.

Visão Noturna: como filho do submundo, mesmo na ausência de luz o semideus pode ver com clareza.

Empatia: o semideus consegue identificar o que outra pessoa está sentindo, mas quando diversos indivíduos estão presentes não consegue identificar que sentimento pertence a qual pessoa.

Autoridade: por ser descendente de Macária sua autoridade é reconhecida por criaturas do submundo. Alguns irão jurar lealdade, outros terão medo, mas isso nem sempre irá funcionar da mesma forma para todos os filhos da Boa Morte.

Conhecimento: o semideus reconhece quaisquer elementos provenientes do submundo.

Meditação Profunda: o semideus consegue entrar em um estado profundo de concentração, o que lhe permite contatar espíritos do passado. A ligação é mais forte quando há algum laço com o espírito. É uma técnica difícil que exige prática e concentração.

Ctônico: estar em contato com a terra e o subterrâneo é natural para o semideus, que não sofre com a falta de ar, a pressão ou mudanças de temperatura nesses ambientes.

Oculto: quando no escuro a presença do semideus é quase que completamente ocultada, difícil de ser percebida. Uma técnica que se torna mais efetiva conforme o usuário se fortalece.

Armas Escolhidas:

♦️ Espada de Bronze: Lâmina de bronze celestial de 60cm de comprimento com um desenho de uma rosa no bronze próximo ao punho, de 15cm, de madeira e couro enfeitado com desenhos de rosas e espinhos no pomo.
♦️ Escudo de bronze: Um escudo de bronze celestial, circular, de raio 30cm, plano.

Legenda: Narração - Minhas Falas - Falas de Outros
By_Max

_________________
Rosie Swane Máximos
Filha de Macária | Senhora do Tempo | Espadachim | Lenda
Rosie S. Máximos
Rosie S. Máximos

Mensagens : 45
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+1
Vontade+3
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma+1
Proficiência+2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Ananke em Sab Jan 05, 2019 4:13 pm



Defeito Mortal
Sem fazerem sentido uns aos outros os semideuses se afastavam de seu objetivo mais urgente. Alguém havia sido ameaçado e procuravam pelos seus amigos antigos, por quê?

Seraph pegou por impulso seu device para conferir as câmeras do Acampamento, apenas para se lembrar no instante seguinte que as câmeras não podiam ser acessadas remotamente, medidas de segurança. Naquele momento teve a incrível ideia de se separarem, foi quando houve um segundo clarão, durou menos de um segundo e era como se tivesse dado curto circuito em algum lugar próximo. Alguém estava controlando uma grande quantidade de eletricidade por perto e então ouviu um grito alto e estridente vindo mais ou menos do mesmo lugar. Reconheceria-no como sendo de Alexandra.

Enquanto isso Cole programava seu device como um despertador e quebrou a janela de um dos chalés, tentando acordar os semideuses lá dentro, mas se nem toda confusão do Acampamento os acordou, imagina um barulhinho*.

Rafael e Rosie tentavam controlar algo incontrolável. Seus limites já estavam sendo testados com aquela sobrecarga de energia sobrenatural e, uma vez que não poderiam identificar Alexandra, quem realmente deveriam tentar procurar, tentaram achar dois de seus amigos. O amontoado de almas ao seu redor e também no resto do Acampamento tornava isso impossível e desgastante. Ao tentarem usar seus poderes estariam excedendo um limite que não poderiam ter passado, sangue escorreria por seus ouvidos, e cairiam no chão desgastados. Isso ainda faria deles um chamariz para as outras almas vagando e elas se aproximariam muito do lugar que os semideuses estavam, quanto mais próximo chegassem mais dor causariam e mais perto os semideuses estariam da loucura.

Era incrível o quanto desfocavam de seu caminho, como nem sequer pensaram que Alexandra, assim como outros, poderiam ter seguido para o clarão que estourou no Acampamento, ou provocado este. Era o lugar mais óbvio para ir no meio da noite não? Era um sinal, uma marca que não poderiam ter ignorado, pois o que estava fora do Acampamento não ignorou.

Todos os três poderiam ouvir o grito da semideusa, estavam à poucos metros de distância.

Então um grito mais alto, com dor e raiva soou, vindo de todos os lugares e lugar algum. Esse cortou a noite e era insuportável de ouvir. Quando deixou de soar, o véu ao redor tinha se restabelecido e as almas sobressalentes desaparecido. Os filhos da morte estariam cansados demais para usar outra habilidade tão cedo. Foi sorte talvez que naquele instante, em um lugar fora desse espaço, Wendy tinha matado o que tentava ressurgir, o que abria as portas da Morte? Ou talvez foi sorte que Alexandra tinha usado enfim suas habilidades e acabado tornando claro ao seu irmão que estava na Casa Grande? Sorte, azar ou destino, três mortes haviam sido afastadas por pouco.

Instruções:
Me digam no privado o que vão fazer para eu dizer para eu informar o que vão ver.

Qualquer habilidade deve ser rolado 1d20 para Proficiência.
Role os dados AQUI e poste o link no próximo post de vocês.

*Não há ordem de postagem. Rodada encerra amanhã às 10h*
Cole:
A ordem dos dados foi trocada, ainda sim não conseguiu atingir o necessário para acordar as 2 pessoas no chalé.


Kids in the Dark
Ananke
Ananke

Mensagens : 92
Data de inscrição : 26/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Seraph Zehel ëa Vertrag em Sab Jan 05, 2019 9:27 pm

Paradoxo Temporal
Minha apreensão só aumentava conforme os sintomas de enfado por uso excessivo dos poderes de meu companheiros se tornava cada vez visível. Penei em pedir para que parasse, mas minha preocupação com minha irmã estava me fazendo ficar parado didiante da maldita encruzilhada em que o destino me colocou e, sem conseguir escolher entre um lado e outro, com meu conselho obscurecido pelo medo de perder, via tudo escorrendo por entre os meus dedos.

Estava segurando Rosie, que havia perdido as forças para se manter de pé graças ao feitiço, quando ouvi o grito de minha irmã, cortando a noite como uma faca.

Nem precisei de um segundo estímulo.

- Cole, cuide dos dois. - ordenei com certa pressa, enquanto já me erguia, recolhendo minha foice, que havia caio quando segurei Sophie. - Mantenha-os seguros. Volto logo. - gritei, me afastando do grupo, correndo em direção ao clarão que havia denunciado a posição de minha irmã.

Estava pronto para acabar com a raça do infeliz.

+ LEGENDA: 01/??
☾ FG RAVEN ☽
Seraph Zehel ëa Vertrag
Seraph Zehel ëa Vertrag

Mensagens : 24
Data de inscrição : 09/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 7
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade+1
Observação
Fortitude+1
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Rosie S. Máximos em Dom Jan 06, 2019 1:03 am


Globos de Neve

Mas, o quê..?
Chacina...

O cansaço mágico me abateu e cai de joelhos, embora Seraph tenha me segurado. Agradeceria depois. Minha cabeça estava doendo muito e de meus ouvidos escorriam algo quente, além da dor. Não precisava verificar, pois sabia que era sangue. Meu irmão estava do mesmo jeito.

Seraph me entregou a Cole, pegou a foice e começou a andar em direção ao grito que provavelmente era de sua irmã. Engoli em seco. Sentia que mais almas se aproximavam, logo não poderíamos suportar a dor de cabeça e tantas presenças... nos tornamos um chamariz. Mas tínhamos que aguentar mais um pouco. Eles precisavam de nós, ao menos, eu achava que sim.

Peguei a espada que larguei ao chão, cravei na terra e usei como impulso pra me levantar. Arfei levemente e trinquei os dentes de leve resistindo o máximo que eu podia. Olhei para Cole e falei : - Olha... vai com ele. E nós chegaremos. No estado que estamos não seremos tão rápidos, mas chegaremos, porque não desistimos. Agora vai, vai logo. Provavelmente o Seraph vai precisar de ajuda.

Retirei a espada do solo e olhei para onde o líder estava indo. Tudo em mim doía, mas eu já passei piores... precisava aguentar um pouco mais.


Habilidades Passivas - Filhos de Macária:

Sexto Sentido: com um pouco de concentração o semideus pode sentir as almas daqueles ao seu redor, quantificá-las e caso esteja acostumado com a presença de alguém, identificar o indivíduo apenas pela "impressão" gerada pela sua alma.

Visão Noturna: como filho do submundo, mesmo na ausência de luz o semideus pode ver com clareza.

Empatia: o semideus consegue identificar o que outra pessoa está sentindo, mas quando diversos indivíduos estão presentes não consegue identificar que sentimento pertence a qual pessoa.

Autoridade: por ser descendente de Macária sua autoridade é reconhecida por criaturas do submundo. Alguns irão jurar lealdade, outros terão medo, mas isso nem sempre irá funcionar da mesma forma para todos os filhos da Boa Morte.

Conhecimento: o semideus reconhece quaisquer elementos provenientes do submundo.

Meditação Profunda: o semideus consegue entrar em um estado profundo de concentração, o que lhe permite contatar espíritos do passado. A ligação é mais forte quando há algum laço com o espírito. É uma técnica difícil que exige prática e concentração.

Ctônico: estar em contato com a terra e o subterrâneo é natural para o semideus, que não sofre com a falta de ar, a pressão ou mudanças de temperatura nesses ambientes.

Oculto: quando no escuro a presença do semideus é quase que completamente ocultada, difícil de ser percebida. Uma técnica que se torna mais efetiva conforme o usuário se fortalece.

Armas Escolhidas:

♦️ Espada de Bronze: Lâmina de bronze celestial de 60cm de comprimento com um desenho de uma rosa no bronze próximo ao punho, de 15cm, de madeira e couro enfeitado com desenhos de rosas e espinhos no pomo.
♦️ Escudo de bronze: Um escudo de bronze celestial, circular, de raio 30cm, plano.

Legenda: Narração - Minhas Falas - Falas de Outros
By_Max

_________________
Rosie Swane Máximos
Filha de Macária | Senhora do Tempo | Espadachim | Lenda
Rosie S. Máximos
Rosie S. Máximos

Mensagens : 45
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Novato
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+1
Vontade+3
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma+1
Proficiência+2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Cole Williams em Dom Jan 06, 2019 4:29 am




nightmare




When the monsters are loud they're really quite delightful – it's the silent ones that kill you. Those silent little demons and their silent little ways...
“É um plano”, o semideus dissera. Só não imaginara que seria um plano para o total desastre. Pouco depois do som do alarme reverberar pelo amanhecer, discreto demais para libertar sequer uma alma dos braços de Hipnos, os filhos da Boa Morte colapsaram no chão. Sangue rubro escorreu de seus ouvidos enquanto a dor tomava suas faces.

Cole engoliu um palavrão e fechou seu device. Deu alguns passos em direção à dupla caída quando um grito soou não muito longe dali. Seraph, que ainda há pouco assistia a garota machucada, foi de imediato em direção ao som.

— Cole, cuide dos dois — ordenou. — Mantenha-os seguros. Volto logo.

Williams balançou a cabeça em descrença. O que alguns viam como coragem, ele chamava de suicídio. Acomodou desajeitadamente a semideusa que lhe fora entregue no chão. Ela logo começou a tentar ficar de pé. Também não demorou a travar seus olhos nos do filho da Noite, fazendo com que ele virasse o rosto por instinto, e começar seu próprio discurso nobre:

— Olha... Vai com ele — pediu. Os lábios de Cole tremeram levemente. — E nós chegaremos. No estado que estamos não seremos tão rápidos, mas chegaremos, porque não desistimos. Agora vai, vai logo. Provavelmente o Seraph vai precisar de ajuda.

Um segundo grito cortou a noite como mil navalhas, engolindo a resposta do filho da noite. Mesmo quando tapou os ouvidos Cole continuou sentindo o guinchar doloroso arranhando sua mente. E então o som se foi, tão de repente quanto em sua chegada. Imergiu de volta no silêncio do amanhecer.

O rapaz deu um passo para trás. O que fora aquilo? Com uma ruga afundando ainda mais em sua testa, olhou para a direção em que o filho de Zeus tinha desaparecido.

— É perigoso demais — respondeu enfim, acenando a cabeça em um sinal de “não”. — Se vocês forem para lá nesse estado vão só piorar a situação.

Com essas palavras, disparou em direção à Casa Grande. Não procurava seguir a prole dos céus, mas sim chegar à enfermaria. Aqueles dois tinham de se recuperar um pouco para serem úteis em algo. Era possível que Seraph precisasse de um prático kit de primeiros socorros, também – correr sozinho para o resgate da irmã não era exatamente o plano mais seguro.




Armas escolhidas:
- Faca: Uma faca feita de bronze celestial com cabo revestido em couro. Possui uma pequena guarda – apenas o bastante para a mão não escorregar para a lâmina durante o combate. Tem corte em apenas um dos lados, o outro sendo serrilhado.

- Foice curta: Uma foice feita de bronze celestial. Sua lâmina tem a forma de um "C" e possui corte apenas na parte interna. O cabo é revestido em couro.
Cole Williams
Cole Williams

Mensagens : 23
Data de inscrição : 10/12/2018

Ficha de Personagem
Nível: 5
Ranking: Não Ranqueado
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência
Vontade+1
Reflexo & Agilidade
Observação+2
Fortitude
Carisma+1
Proficiência

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Rafael L. Maximos em Dom Jan 06, 2019 7:04 am

Exaurido completamente com a grande quantidade de almas que seguiu em nossa direção e deixou meus sentidos zunindo, não lutei para me levantar. Todo meu esforço foi para me sentar no chão e manter a espada em minhas mãos. Vi Seraph correndo para algum lugar enquanto Cole apoiava Rosie.

Desconexo daquilo, só pude tentar relaxar, afastando minha mente daquela situação o máximo possível. Reconheci meus limites e não pretendia morrer fora da minha era, muito menos por um motivo tão imbecil quanto a exaustão.
Rafael L. Maximos
Rafael L. Maximos

Mensagens : 27
Data de inscrição : 06/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Aprendiz
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+2
Vontade+2
Reflexo & Agilidade+2
Observação+1
Fortitude
Carisma
Proficiência+3

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Ananke em Dom Jan 06, 2019 5:53 pm



Defeito Mortal
Aqueles que não julgaram estar bem o bastante para seguir para a Casa Grande não foram incomodados, conseguiram descansar tranquilamente, embora a dor tivera sido apenas momentânea, estavam cansados, mas não exauridos, o sangue que escorrerá de seus ouvidos já havia secado.

Enquanto isso, aqueles que julgaram estar bem o bastante para ir, mesmo quando sua intenção era ir para a Enfermaria, encontraram em frente à Casa Grande uma menina caída no chão (Alexandra) e o inimigo (o semideus de Ares, para os novos campistas) andando em sua direção. Trajado totalmente de negro e com uma espada negra em sua mão direita, essa era tão grande que sua ponta quase arrastava no chão. Pensariam que a garota estava em desvantagem e ela não veria vocês, uma vez que apareceram às suas costas, podem até correr para seu lado e escutariam ela falar:
— Não, tudo o que foi dito acredito que foi o suficiente. E depois da morte ninguém se importa com o que alguém disse um dia... Sabe o que é pior? Eu nem mesmo sei o seu nome verdadeiro ou o que realmente você quer fazer com o Acampamento.
Soaria como se ela tivesse desistido e um calafrio poderia percorrer os corpos de vocês até que, do lugar que ela estava, haveria quase que uma explosão de eletricidade. Alexandra liberaria uma carga imensa de energia contra o inimigo, esse seria pego desprevenido e seria atingido, embora a eletricidade parecesse machucá-lo, não seria o bastante para derrubá-lo. Ainda de pé, mas parecendo debilitado, ele veria aqueles que se aproximaram e sorriria.
— Parece que nos encontraram à tempo.
Então inúmeros vultos negros apareciam às costas do semideus e, de inicio, não identificariam o que eram, até notar que deveria ser sombras, como aquelas que todas as pessoas produzem. No entanto, cada uma delas carregava uma figura conhecida, Thomas e Christopher, filhos de Ares, e Bonnie, filho de Hermes. Havia ainda uma quarta figura que não reconheceriam. Todos estavam desacordados. O semideus riria com a expressão de vocês e juntos, semideus e Sombras desapareceriam do Acampamento.

Encerramento:
Isso aí, acabamos, logo posto a avaliação individual. Parabéns à todos, no fim chegaram à tempo de salvá-la.


Kids in the Dark
Ananke
Ananke

Mensagens : 92
Data de inscrição : 26/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Natal/2018] Encontros

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum