Arena do Acampamento

Ir em baixo

Arena do Acampamento

Mensagem por Narrador em Ter Dez 18, 2018 12:44 am



Arena
 
A construção atualmente chamada de Arena é um imponente edifício no centro do Acampamento, sendo o mais moderno que o local possui. Sua aparência possui a forma de um cubo e a maior parte de suas paredes externas são tomadas de vidro negro. As portas, também de vidro, se abrem com a aproximação do semideus e o sistema da arena se inicia, as luzes se acendendo de imediato. O hall de entrada da Arena dá em um arsenal com todo tipo de armas, um lado moderno e outro antigo, após passar por este o semideus encontra uma dezena de salas com paredes de vidro, essas se abrem com a aproximação do semideus e, após fecharem, um painel surge em sua frente, no qual o semideus pode escolher o ambiente, nível de desafio, quantidade de monstros, dentre outros fatores.
A partir disso o cenário da sala se modifica e monstros basicamente reais surgem, estes podem ferir de verdade seus oponentes, a sala chega a ser tão tecnológica que podem começar acreditar que há alguma magia no local, no entanto, nenhuma área do Acampamento é revestida de magia hoje em dia.



Fotinha:

"Hulk esmaga!"
Narrador
Narrador
Admin

Mensagens : 283
Data de inscrição : 24/07/2018

Ver perfil do usuário http://pjonline-reloaded.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena do Acampamento

Mensagem por Katherine Hathaway em Qui Dez 20, 2018 7:32 pm



Treino Noturno
HATHAWAY ψ Filha de Poseidon ψ Desconhecido ψ Lenda ψ Claymore
Já era noite no Acampamento Meio-Sangue, o clima era aquele típico de verão, o que quer dizer, quente demais para conseguir descansar, mas não era isso que tirava meu sono. Ali, de olhos fechados no chalé escuro, quase podia ignorar o quanto tudo havia mudado, só que te desafio a dormir sabendo que viajou cerca de 200 anos no tempo e tudo o que você conhecia está acabado. Angústia era o sentimento que dominava, fazia poucas horas que as coisas pareciam ter ficado "pacíficas" após o encontro tumultuado com os campistas deste século, o que também significava que fazia poucas horas que eu por fim tinha me dado conta que não possuía mais memória de nada anterior à minha chegada ao Acampamento, aos 13 anos. Eu tinha família antes disso? O que houve com eles? Sabe aquela sensação de ter perdido algo sem se lembrar do que era? Pois é...
Abri os olhos para me livrar dos pensamentos deprimentes e antes de perder a coragem levantei-me da cama e me esquivei para fora do chalé. Como esperado o Acampamento estava deserto àquela hora, mas se prestasse atenção ao longe poderia ouvir som de vozes, com certeza havia mais pessoas com dificuldade de dormir àquela noite, mais cedo dois dos novos campistas haviam sido assassinados brutalmente, diante dos nossos olhos e nada pudemos fazer, pois nem mesmo tínhamos nos dado conta. Tudo ali parecia tão familiar e tão desconfortavelmente estranho, era o mesmo Acampamento, mas sua estrutura totalmente diferente do que eu estava há apenas um dia atrás. Será que as pessoas de 200 anos atrás notariam nosso sumiço? Será que se importariam? E se não conseguíssemos voltar?

Dirigi-me para o lugar em que mais ou menos me lembrava de ter sido apresentado como Arena, levou algumas tentativas para que acertasse o caminho, mas enfim cheguei à estrutura. As portas de uma espécie de vidro negro se abriram assim que me aproximei e se fecharam silenciosamente quando passei, sensor de movimento era uma coisa que já tínhamos, embora as portas se abrissem com muito mais leveza do que um dia eu virá algo por sensor fazer. O lugar estava escuro, mas as luzes se acenderam automaticamente, enquanto o sistema da arena se iniciava diante dos meus olhos, área por área saindo de uma espécie de estado de hibernação.
Olhei para o canto onde havia algumas armas dispostas, antigas e atuais, deixadas para os campistas treinarem com o básico, como eu tinha deixado todas minhas armas e meus itens não funcionavam mais, iria precisar delas para treinar. Fui até o pequeno arsenal de armas antigas e escolhi uma espada curta, tirei-a de sua suporte e medi seu equilíbrio, não era tão boa quanto as armas que usava, mas serviria com certeza. A espada era um gladio, um modelo que estava acostumada, de 45cm de lâmina e cerca de 15cm de punho, não devia pesar nem 1kg. Para acalmar a minha curiosidade fui até a bancada das armas que esses novos semideuses estavam acostumados, algo como armas lasers que me lembrava muito Star Wars. Peguei a empunhadura do que deveria ser uma espada e a ativei, a parte laser se ativando no mesmo instante, parecia muito com um sabre luz, a parte laser tinha o mesmo tamanho que a lâmina de uma katana. Desativei a arma e deixei onde tinha encontrado, pegando outra, um pouco mais afastada dessa, que eu esperava ser menor. Quando ativei essa nova arma "Touché" era exatamente o que estava procurando, um modelo futurista de espadas curtas, muito mais leve do que os modelos que tínhamos, apenas alguns centímetros menor do que a arma que estava em minha outra mão. O laser dessa lâmina era de cor roxa, comparei ambas as espadas, colocando-as lado a lado, e vi que faria um misto interessante. O pessoal de casa jamais iria acreditar naquelas coisas.
Com a espada de luz na mão direita e a gládio na esquerda entrei em uma das arenas de vidro. Mais uma vez, uma porta abriu-se e fechou para minha passagem. Quando entrei na arena um painel de controle apareceu na minha frente, este não era físico, mas projetado por algum mecanismo. Nesse havia varias opções que eu não entendia, entre esses vi coisas como "Clima", "Nível de Dificuldade", "Monstro", "Quantidade", algo que parecia tecnológico demais para alguém secular. Então uma opção no canto da tela me chamou atenção, era algo como "Repetir a última programação", sem medo apertei direto essa. No mesmo instante o painel de opções desapareceu e uma superfície metálica se arrastou sobre as paredes de vidro, tornando o espaço totalmente escuro, era como uma fina cortina de metal. Olhei ao redor sem saber o que fazer, então a escuridão foi substituída e agora eu estava em uma planície gramada, um sol brilhante queimava em um céu muito azul que se formou acima de mim e sua luz era tão cegante que podia acreditar que tudo aquilo era realidade. Então como um toque final, uma leve brisa começou a passar por mim.
Quando virei-me para esquerda vi uma sombra se aproximar, em rasante, muito rapidamente. Semicerrei os olhos para focalizar o que estava enxergando e vi, quase tarde demais, uma harpia investindo. Por puro instinto, porque tudo aquilo parecia real de verdade, joguei-me para o lado e rolei para o chão para sair de seu caminho. A harpia passou rasgando o ar onde eu estava um segundo antes. Levantei-me olhando para o céu, a ponto de vê-la dando meia volta e investindo novamente.
Dessa vez me preparei, prostrei os pés mais firmemente no chão quase inconscientemente por causa dos anos de treinamento e ativei a arma de luz na minha mão direita, ao mesmo tempo que ficava em posição de ataque com as duas armas em punho. Quando a harpia estava próxima arrisquei um ataque, girando as armas em minhas mãos e tentando atingir meu alvo.
Com uma facilidade muito maior do que o monstro original, a representação holográfica se desviou rapidamente do ataque e me contornou, soltando um barulho estridente. Sorri, achando que seria fácil assim, mantendo a posição enquanto eu rodava no mesmo lugar acompanhando seus movimentos. Outro piar estridente e a harpia investiu. Vi sua aproximação e calculei a distância... 10 metros, pensei. 5 metros... 3 metros, 2...
Antes que o monstro entrasse no campo de alcance para eu atacá-lo, senti uma dor lancinante na parte de trás do meu ombro direito e um forte empurrão, como o peso de um corpo contra o meu. Cambaleei para o lado ao mesmo tempo de registrar a harpia à minha frente se chocar contra meu corpo, onde suas garras abriam caminho na minha pele, e ver uma segunda harpia aparecer no meu campo de visão, de costas para mim, como se tivesse me atacado por trás.
O peso dos dois corpos quase ao mesmo tempo e a dor em cada lado me derrubou no chão, as harpias já subiam no céu e se atiravam novamente contra o ponto que eu estava.
Ok, o quê tinha sido aquilo? Eu havia jurado que eram apenas representações e se fosse atingida não aconteceria nada comigo, mas ao contrário, não só senti seus corpos como a dor que suas garras me causaram. Olhei por um instante para os ombros, não estavam sangrando, embora eu tivesse a sensação que minha pele havia sido dolorosamente estraçalhada. Aquilo só podia ser algum tipo de magia, certo?
Entendi que teria que encarar o desafio como uma ameaça real, não sabia o quanto estava em perigo ali, mas não iria vacilar para descobrir.
Enquanto elas basicamente caiam do céu para atacar o lugar que eu estava, rapidamente me coloquei de joelhos, com as espadas em punho em posição de defesa e tentei calcular o possível ataque, elas vinham em linha reta, ganhando mais velocidade a cada fração de segundo e eu sabia que seria mais inteligente sair correndo enquanto podia e ganhar algumas garras estraçalhando minhas costas do que apenas ficar ali e esperar, mas depois de tudo queria me testar. Apenas um metro separava um monstro do outro.

Rolagem:
CD: 10
Teste de Percepção: 12 + 2 Observação = 14
Teste de Esquiva: 13 + 2 Reflexo & Agilidade = 15
Movimento do Ataque: 19 + 2 Proficiência = 21

Para desviarem do ataque:
Harpia 1: 2 + 2 (Mod de Situação) = 4
Harpia 2: 11 +3 (Mod de Situação) = 14
Veja a rolagem aqui :v

As harpias "caíram" contra mim e, em um movimento fluído, rolei para frente sobre os joelhos, saindo do alcance delas apenas instantes antes das garras estarem próximas o bastante para me ferirem e, ergui ambas as espadas, torcendo para que uma delas fosse atingida. Senti em minhas mãos as espadas tremerem quando entraram em contato com o corpo denso, rasgando-a do peito até o fim da barriga e fazendo-a explodir em uma chuva de luz enquanto eu caía agachada sobre o outro joelho. A segunda harpia, que estava um metro atrás da primeira, notou o que eu faria um momento antes e mudou a trajetória, conseguindo evitar o destino da irmã. Ela gritou/piou de raiva e se jogou contra o lugar que eu estava, em um voo baixo.

Rolagem:

Ataque Harpia: 15 + 2 (Mod de Situação) = 17
Teste de Esquiva: 20 + 2 Reflexo & Agilidade = 22

CD: 10 ~Ataque Kath: 11 + 2 Proficiência = 13
Clique aqui

Em seu voo baixo, a harpia se atirou contra mim gritando de raiva, esperei com que ela se aproximasse o bastante e aí, com apenas um movimento de pés, saí facilmente de sua frente, girando meu corpo com as armas em punho como um tufão de lâminas. A primeira espada, a da mão direita, atingiu-a na base da nuca para os ombros, enquanto a segunda a atingia no meio das costas. Seu corpo se arquejou com a dor e a surpresa no exato momento que meus pés paravam, me deixando atrás dela e, sem perder a oportunidade, larguei a espada da mão esquerda, agarrei seus cabelos negros à minha frente e a puxei com força contra meu corpo, enquanto ela tentava se se soltar e ao mesmo tempo machucar meu braço com as unhas.

Rolagem:
CD: 10
Teste de Fortitude - Kath: 12  = 12
Teste de Fortitude - Harpia: 2 = 2
Clique aqui

Embora ela tentasse, tentando sair de meu aperto, girando o corpo e cravando as unhas em meu braço, já estava ferida ou cansada demais para conseguir se soltar. Consegui puxa-la sem dificuldades e, conforme a arrastava para trás, ergui a espada da mão direita e a transpassei pelo seu corpo. A harpia explodiu em um grito de dor e luz dourada,  a superfície metálica se arrastou mais uma vez sobre as paredes de vidro, revelando-as e interrompendo a projeção. Olhei ao redor, piscando, tentando me acostumar com a mudança de luz, agachei e peguei a espada do chão, desativei a arma moderna e me dirigi para fora da área de treino, deixando as duas armas na bancada que havia pego.
Talvez agora eu conseguisse dormir...
Thanks @ Panda & Max

_________________
"You know what lives below the surface?"
CREDITS @ FRANKIE
Katherine Hathaway
Katherine Hathaway

Mensagens : 37
Data de inscrição : 05/11/2018

Ficha de Personagem
Nível: 21
Ranking: Aprendiz
Modificadores de Teste:
Modificadores de TestePontos
Resistência+2
Vontade+1
Reflexo & Agilidade+2
Observação+2
Fortitude
Carisma
Proficiência+2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena do Acampamento

Mensagem por Chronos em Qua Jan 09, 2019 7:01 pm

Muito bem. Foi um treino e tanto que exemplificou bem como nossa nova arena funciona. O uso dos dados nos momentos decisivos traz um toque de realismo que deixou o post ainda mais interessante. A escolha de monstros foi bem básica, mas faz sentido tento em vista a forma aconteceu e o contexto em que o acampamento se encontra, cheio de semideuses sem experiência, mas buscando se desenvolver. No que diz respeito a narração foi muito importante a forma como o texto ficou organizado com relação às apresentação dos resultados das rolagens.

Recompensa: 250 Exp.

Treino Atualizado.


Última edição por Macária em Qui Jan 10, 2019 10:42 am, editado 1 vez(es) (Razão : Acrescentar atualização.)
Chronos
Chronos

Mensagens : 68
Data de inscrição : 07/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena do Acampamento

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum